Como funciona a revenda de lingeries no atacado?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Virtual Fashion Como funciona a revenda de lingeries no atacado

A compra de produtos no atacado se diferencia de algumas formas do varejo, como pela quantidade e preço dos produtos adquiridos. Adotar a revenda de lingeries no atacado é um passo importante, mas é preciso avaliar alguns pontos como o lucro sobre as peças e a quantidade de produtos a serem vendidos.

Confira como funciona revenda de lingeries no atacado:

Quantidade de produto por venda

Quem vende no atacado geralmente limita o número mínimo de peças por compra, para que assim, consiga atingir um lucro dentro do esperado. A revenda de lingeries no atacado deve ser bem organizada, pois ao adquirir os produtos, muitas vezes, você também terá um número mínimo de peças. Assim, o primeiro passo é definir qual a quantidade mínima que você irá vender no atacado, em geral este número varia entre seis e 12 peças.  

Lucro menor por unidade

Na revenda de lingeries no atacado, o lucro por unidade é menor do que ao vender para o consumidor final. Ao analisar os preços praticados, você deve levar em consideração o valor que paga pelos produtos e o preço médio que os revendedores irão oferecer ao consumidor final. Dessa forma, é preciso avaliar o que irá contribuir para os ganhos mais altos, priorizando a quantidade vendida. Assim, o seu lucro será menor por unidade, mas na contabilidade final será maior que se você vendesse para o consumidor final.  

Revenda de lingeries para outros revendedores

Outro fator importante para ser levado em consideração é que você terá uma gama menor de clientes e consequentemente menos rotatividade. Dessa forma, você deverá estimular seu cliente a comprar mais vezes, ou seja, mesmo que ele leve muitas peças em uma compra, você deverá dar estímulos para que ele volte e compre mais. Esse estímulo na revenda de lingeries pode ser a incorporação constante de novidades.  

Atenção ao revendedor

Mais do que o cliente final, o revendedor deve receber atenção constante, o contato com ele deve ser mantido regularmente. Além disso, é ideal que você dê algum suporte, seja explicando para ele sobre o seu produto, como os tecidos utilizados, os cortes, etc.  Na revenda de lingeries, você precisa ainda alimentar seus consumidores com as novidades constantemente, desta forma, tenha canais de fácil comunicação, seja via celular, Facebook ou e-mail. É muito importante que ele receba as novidades, você pode criar um catálogo de lingeries e avisá-lo sempre que houver novidades.

Busque retorno sobre produtos que vendeu

Se uma revendedora comprou uma vez com você e não voltou mais, pode haver algo errado com os produtos que você está vendendo. Dessa forma, o retorno da cliente é muito importante para o sucesso da sua revenda de lingeries. Busque marcas de qualidade e boa aceitação no mercado, você pode ainda variar no segmento de preços, como seu foco é a revendedora, busque produtos em diferentes faixas para que consiga atender um número maior de clientes.  

Grade de numeração

A grade de tamanhos na revenda de lingeries no atacado deve ser grande, mesmo que muitas clientes busquem peças número mais segmentados. Você precisa oferecer tamanhos variados, desde os pequenos, até plus size, pois algumas revendedoras preferem trabalhar com nichos mais específicos. Dessa forma, você precisa atender todas com uma variedade de tamanhos, e ainda garantir reposições.

A revenda de lingeries no atacado pode ser uma boa solução para quem busca uma forma independente de trabalho, ela pode ser feita de casa, de lojas ou mesmo viajando para outras cidades e visitando lojas do ramo.  

Quer ser uma revendedora de lingeries? Faça a sua primeira compra e continue navegando em nosso blog para ler dicas de revenda!

revenda de lingeries

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×