Orçamento familiar apertado? 5 dicas para deixar as contas em dia

0
3 Flares Twitter 1 Facebook 2 Google+ 0 LinkedIn 0 3 Flares ×

Manter o orçamento da família sob controle é uma tarefa difícil em alguns momentos, principalmente quando se está estruturando a vida familiar. Gastos imprescindíveis, como a compra do carro e da casa própria tornam a organização dos gastos da família fundamental para conseguir arcar com as despesas e ainda poupar um pouco.

Se você costuma ter dificuldade para organizar as finanças de casa, nós preparamos algumas dicas para se organizar e transformar o orçamento familiar apertado em contas em dia, sem passar por sufoco no fim do mês. Confira logo abaixo!

Pense em alguma maneira de ganhar uma renda extra

Atualmente, contar só com o salário nem sempre é suficiente para manter as contas em dia. Como ele normalmente já está comprometido com todas as despesas da casa, não sobra muito para gastos eventuais. Revender produtos por conta própria, seja para as amigas, no trabalho, em círculos sociais próximos é um bom começo para garantir uma renda extra e se livrar do orçamento familiar apertado.

Pesquise antes de começar a vender, busque se informar as melhores áreas para venda e os produtos que se adequam com o seu perfil. Essa pode ser uma ótima forma de manter o orçamento em dia e ainda trabalhar com um produto com boa demanda e fácil revenda.

Saiba organizar suas prioridades

Faça uma lista de prioridades do que realmente precisa ser comprado além das necessidades básicas da sua família. Algumas vezes é preciso adiar grandes compras, como a troca da TV ou o celular novo para que ocorra um equilíbrio nas contas domésticas. Assim, organize uma pequena lista do que precisa ser realmente gasto, fora o essencial, e ao longo dos meses, ou dos anos, você pode ir listando novas prioridades. Dessa maneira, você evita o orçamento familiar apertado!

Crie o hábito de poupar

Ainda que não seja possível guardar um grande volume de dinheiro na sua rotina, crie o hábito de sempre poupar um pouco. O ideal é que a poupança que você criou sirva para momentos de aperto, para que você não tenha que recorrer a empréstimos, ou ainda, aos altos juros do cartão de crédito para poder equilibrar o orçamento familiar.

Esse dinheiro guardado pode ser útil também para pequenos investimentos financeiros que você precisa fazer na sua rotina, como viagens e momentos de lazer.

Visualize os gastos e saiba onde apertar

Algumas contas domésticas são mensais e com valores fixos, como internet, condomínio, aluguel, prestação da casa própria e outros. Entretanto outros gastos apresentam pequenas variações todos os meses como água, luz, telefone e supermercado. Com esses valores em mãos, crie planilhas de orçamento, assim, você sempre saberá o valor médio dos gastos fixos mensais. Esse hábito facilita o planejamento das contas e auxilia na hora de economizar para fugir do orçamento familiar apertado, já que é possível visualizar na planilha quais gastos variam mais e podem ser enxugados nos meses mais difíceis.

Use o cartão de crédito com cuidado

O cartão de crédito pode ser um bom aliado em alguns momentos, porém deve ser usado com cautela para cuidar das suas despesas domésticas. Pensar no crédito do cartão como um dinheiro que você tem é um erro que muitas pessoas cometem e que acaba comprometendo todo o orçamento familiar.

Por esse motivo seja criterioso ao utilizar seu cartão de crédito e sempre tenha em mente quanto dinheiro você realmente terá em caixa para pagar a fatura. A regra numero um para não deixar o cartão de crédito ser um dos responsáveis por seu orçamento familiar apertado é jamais pagar o valor mínimo da fatura. Os juros altíssimos podem transformar as suas dívidas em uma bola de neve muito difícil de ser controlada.

Como você tem feito para controlar o orçamento familiar na sua casa? Gostou das nossas dicas para deixar as contas em dia? Conte para a gente!

orçamento familiar

3 Flares Twitter 1 Facebook 2 Google+ 0 LinkedIn 0 3 Flares ×