Quer ganhar uma renda extra? Entenda por que a revenda de produtos é a melhor opção

0
1 Flares Twitter 0 Facebook 1 Google+ 0 LinkedIn 0 1 Flares ×

Para quem quer aumentar sua renda extra, existe uma boa opção de trabalho para alcançar esse objetivo. Essa é uma atividade autônoma, que não está submetida ao controle rígido de uma hierarquia corporativa e que pode proporcionar vantajosos lucros. Você já ouviu falar sobre revenda de produtos? Confira alguns bons motivos para se tornar uma revendedora de produtos e dar um salto em sua vida profissional!

Horário de trabalho: quem estabelece é a própria revendedora

A liberdade para definir o tempo de trabalho, sem dúvida, é uma das principais razões pelas quais muitas pessoas optam por revender produtos. A revendedora de produtos resolve seu horário de trabalho de acordo com suas ocupações diárias e com a necessidade de passar mais tempo com sua família, por exemplo. Dessa maneira, a profissional se sente mais à vontade, com mais tranquilidade para executar seu trabalho. No final das contas isso acaba contribuindo também para se obter os melhores resultados.

Primeiro passo para começar o próprio negócio

A revenda de produtos é uma forma de realizar uma atividade autônoma, sem ter que passar pelo controle direto de um chefe ou gerente. Ou seja, você vai poder trabalhar sem ter que seguir as regras comuns aos trabalhos convencionais.

Se você está pensando em independência financeira e pretende investir em uma carreira promissora e flexível, a revenda de produtos é uma excelente escolha.

Seu retorno financeiro só depende de seu próprio esforço

Trabalhar com revenda de produtos significa trabalhar diretamente com comissões. Portanto, quanto maiores forem suas vendas, maiores serão os seus lucros. As empresas estabelecem um percentual de comissão sobre a comercialização de cada produto ou família de itens. Essa é uma atividade em que o potencial da profissional é colocado à prova e suas habilidades têm que ser desenvolvidas ao máximo para o êxito de sua carreira.

A revendedora de produtos precisa se envolver totalmente com o negócio que está criando e se identificar com o que faz. Por esse motivo a revenda de produtos é um trabalho compensador, pois estimula a criatividade e o desenvolvimento de suas capacidades pessoais e profissionais.

Os investimentos iniciais são baixos

Para iniciar a carreira na área de revenda de produtos, geralmente não é necessário um alto investimento financeiro. Com valores pequenos, a revendedora de produtos já pode adquirir itens para vender. Dessa forma, trata-se de uma boa ideia para trabalhar autonomamente sem que se precise gastar muito. Você não vai precisar alugar ou comprar um ponto comercial, nem comprar uma quantidade grande de mercadorias ou até mesmo pagar funcionários.

Além disso, muitas empresas dividem o valor das mercadorias para revenda em parcelas no cartão de crédito e oferecem descontos no pagamento à vista, para facilitar a manutenção do seu estoque.

É possível conciliar sua atividade principal com as revendas

Se você já tem uma atividade profissional, a revenda de produtos pode ser facilmente adicionada à sua rotina como uma atividade secundária, já que quem estabelece o horário de trabalho é a própria revendedora.

Se você desejar, além de revender produtos, realizar outros trabalhos remunerados, autônomos ou não, essa situação é perfeitamente possível. Só vale a pena tomar cuidado para não se sobrecarregar demais e acabar perdendo momentos de lazer e com a família!

Se você é uma pessoa de iniciativa, que deseja começar seu próprio negócio e libertar-se dos horários fixos e inflexíveis de um trabalho corriqueiro e padronizado, considere a alternativa de entrar na carreira de revenda de produtos. Procure uma empresa confiável, que tenha boas referências e se engaje nesta atividade!

Você já trabalha como revendedora de produtos? Conte um pouco de suas experiências para a gente!

revenda de produtos

1 Flares Twitter 0 Facebook 1 Google+ 0 LinkedIn 0 1 Flares ×