Tangas ou calcinhas? Aprenda a diferenciar esses modelos de roupa íntima

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Virtual Fashion Tangas ou calcinhas Aprenda a diferenciar esses modelos de roupa íntima

A moda íntima possui uma infinidade de peças, modelos e tecidos que atendem as mais diferentes necessidades das mulheres. No entanto, na hora de escolher roupas íntimas, nos perdemos nas nomenclaturas e definições das peças, o que não é positivo tanto para a cliente final como para quem é revendedora de lingerie.

Uma das maiores divergências é a diferença entre tangas e calcinhas. Afinal, o que diferencia uma da outra? Corte, tecido, apelo sexy?

Para esclarecer as suas dúvidas – e as das suas clientes – abordamos neste post as principais diferenças entre esses modelos de roupa íntima. Confira!

As calcinhas

Houve um tempo em que calcinha era o termo utilizado para designar qualquer peça íntima inferior feminina. E em termos populares, ainda é assim.

Comparada às tangas, as calcinhas costumam ter um design maior, geralmente com boa cobertura tanto na frente como no bumbum. Já as laterais podem vir em diferentes larguras.

Elas podem ser do tipo boxer ou caleçon, com laterais mais largas, imitando shorts, biquíni com laterais médias ou string, com laterais finas e geralmente reguláveis.

São confeccionadas em tecidos mais espessos, como algodão ou liganete. São bastante comuns no mercado e muito procuradas para uso no dia a dia, por serem mais confortáveis do que as tangas.

Mas não é porque as calcinhas são maiores do que as tangas que elas não podem ser sensuais. Elas também podem conter transparências e aplicações em renda, pedraria e outros detalhes.

As tangas

As tangas têm uma modelagem pequena, menor do que as calcinhas.

Seu corte é mais cavado tanto na frente como atrás, sendo que os modelos fio dental são bastante comuns. A lateral das tangas pode ter diferentes larguras.

Geralmente tem um apelo mais sexy do que as calcinhas, tanto pelo corte mais cavado, modelagem mais sensual ou detalhes aplicados.

Geralmente são confeccionadas com tecidos mais leves e que conferem maior sensualidade, como renda e microfibra.

Qual o melhor modelo para cada mulher?

Tangas e calcinhas podem ser utilizadas por todas as mulheres, de acordo com a situação e necessidade de cada ocasião.

As calcinhas costumam cair bem em todo tipo de mulher. São extremamente confortáveis e ideais para ir ao trabalho, academia e outras atividades do dia a dia. Boxer, caleçon e biquíni não tem restrições, já as strings favorecem as mulheres mais magrinhas, já que sua lateral costuma ser bem fina.

Apesar das tangas terem fama devido ao seu apelo mais sexy, elas também podem ser utilizadas no dia a dia.

Por serem menores, elas não marcam o corpo e ficam praticamente imperceptíveis debaixo de roupas mais justas. É ideal para usar com vestidos justos, por exemplo.

E ao contrário do que muitas mulheres imaginam, as tangas não são incômodas. Quando estão no tamanho certo, elas são peças bem confortáveis.

Portanto, se você é revendedora, faça um mix de produtos que tenham tanto calcinhas como tangas ao montar o seu estoque. Afinal, os dois modelos tem público e caberá a você informá-las sobre quais as melhores opções para o seu tipo de corpo ou ocasião.

Curtiu nosso artigo? Ou ficou com alguma dúvida sobre as diferenças desses modelos de roupa íntima? Poste suas dúvidas e opiniões nos comentários!

calcinhas

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×