5 técnicas que nunca devem ser feitas na revenda de produtos

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

revenda de produtos

Trabalhar com a revenda de produtos exige técnicas de abordagem e vendas que ajudam a ampliar as vendas. Porém, algumas práticas de revendedores acabam tendo o efeito contrário, afastando os clientes e diminuindo as vendas.

Para que você não caia no erro de utilizar abordagens nada eficientes, listamos algumas que não devem ser usadas com suas clientes, confira:

1. Enganar o cliente para realizar a venda

Essa é principalmente para quem trabalha com vestuário. Dizer ao cliente que algo está bonito quando na verdade a peça não caiu nada bem no corpo é uma técnica ruim e que pode ter efeitos futuros. A quebra de confiança que existe nesse tipo de revenda de produtos é certeira, o cliente pode até comprá-lo, mas quando ouvir uma segunda opinião de alguém mais próximo ele poderá se decepcionar com a compra. Nesses casos, ele pode até trocar o produto, mas dificilmente voltará uma próxima vez.

2. Induzir o cliente a levar algo que não quer

Isso acontece muito em períodos de promoção, quando a compra de mais produtos pode gerar mais descontos e ao final abaixar o valor da venda. Porém, a insistência pode ser algo extremamente desagradável para o cliente. Em alguns casos, é possível que ele até compre o produto, mas pode ser uma experiência desagradável. Por isso, dê tempo ao cliente para que decida, exponha as qualidades do produto, as condições de pagamento e aguarde.  

3. Aparecer apenas quando precisa vender

Manter um bom relacionamento com os clientes é fundamental, principalmente para quem trabalha com a revenda de produtos.  O cliente deve ser trabalhado em diversas etapas, seja antes da compra ou depois. É muito importante que o revendedor mantenha contato com ele para que seja lembrado, pode ser mandando uma mensagem para perguntar sobre a satisfação do cliente com o produto ou mesmo algum tempo depois enviando o novo catálogo de produtos. Aparecer apenas para vender diminui a fidelidade dos clientes.

4. Prometer ao cliente algo e não cumprir

Você se encontra com um cliente, ele gosta muito de uma peça, mas não tem a numeração e você promete que irá encomendar para ele, mas não dá satisfação nos dias seguintes. Não cumprir algo que foi prometido ao cliente pode custar a perda dele, isso porque, quando alguém cria uma expectativa de compra e você não dá satisfação com o passar dos dias, pode fazer com que ele busque o produto em outro lugar. Por isso, mesmo que ainda esteja buscando ou que não tenha conseguido o que ele queria, ligue para dar um posicionamento.

5. Falar mal da concorrência para valorizar sua revenda de produtos

Em um primeiro momento isso até pode funcionar, porém não é algo eficaz quando se trata de vender. Se você quer falar sobre os concorrentes durante a venda, tudo bem, mas tente comparar de uma maneira não pejorativa. Você pode, por exemplo, falar que os produtos são semelhantes, mas dar características da qualidade do que você está vendendo, sem falar mal dos produtos de concorrentes. Exaltar a sua revenda de produtos é mais eficiente que desvalorizar a concorrência.  

Trabalhar o cliente é sempre a melhor maneira de conseguir realizar a revenda de produtos, com a satisfação com a qualidade, preços e atendimento. Ser um revendedor requer estudo e inovação para alcançar os clientes onde eles estão. As redes sociais se tornaram uma importante ferramenta para a revenda, se ainda não utiliza esta ferramenta, baixe gratuitamente nosso e-book e saiba como usá-la para ganhar dinheiro.

revenda de produtos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×